” Que crise? “Por Mário Machado Júnior

FALANDO SÉRIO 79b

 

Uma mentira contada várias vezes, torna-se uma verdade. Proverbio Chinês

No Dicionário Informal, na internet, achei uma definição interessante para a palavra crise: Ponto de transição entre uma época de prosperidade e outra de depressão. O caminho inverso também pode ser uma verdade: PONTO DE TRANSIÇÃO ENTRE UMA ÉPOCA DE DEPRESSAO E OUTRA DE PROSPERIDADE. Para acreditarmos nesta ultima sentença basta vermos o que os Estados Unidos fizeram na Grande Depressão de 1929.

Está sendo vendido a nós um produto de péssima qualidade, este produto chama-se crise e de uma maneira geral estão colocando de bom grado em nossos pratos, em nosso sangue, em nosso pensamento, em nosso ar como uma verdade absoluta.

NÃO! Eles estão errados.

Está faltando sim comando e direção, mas este comando e direção não esta nas mãos dos políticos, está em nossas mãos. Cada um de nós é comandante de seus próprios destinos. Temos que retomar o controle de nossas vidas.

Assistimos apatetados uns discursos infelizes deste processo de impedimento que todos nós já sabemos o resultado imediato. Se fosse ao tempo dos militares diríamos que a General Dilma ia para casa vestir o pijama, e para sempre.

Sabemos que temos muitas dificuldades em curso, em minha cidade, conversando com um empresário local, constatamos que os dois maiores empresários chamam-se VENDE-SE e ALUGA-SE.

Em época de CRISE corte o “S” e CRIE.

Somos o país mais criativo do mundo. Nem mesmo os gênios de Hollywood podem com nossa criatividade, somos capazes de virar o mundo de cabeça em um estalar de dedos e, no entanto, estamos prostrados por ocasião de uma imbecilidade que esta se tornando maior que tudo e todos.

Quanto das minhas contas ou das suas, Dilma, Temer, Cunha, Renan, Lula, Aécio pagam?

Respondam com franqueza. NENHUMA!

Somos nós que dormimos e acordamos com os carnês, que sabemos onde o calo nos aperta, onde somos fortes ou fracos e, no entanto, estamos nos deixando cair por terra.

Nós temos a obrigação de reagir a tudo isso que nos aflige.

Não vai ser o fato de 54 milhões de eleitores, terem escolhido baseados principalmente em mentiras, o comando da nação, que iremos sucumbir, pelo contrário.

Acredito no Brasil e nos brasileiros e em sua eterna capacidade de criação, inventividade e acima de tudo de superação.

Não acredito em São Temer, que isso fique bem claro.

BRASIL, você é maior do que isso que chamam de crise!

cartao-mario

Aos sábados, das 7 as 9 horas na Rádio Moderna FM de Luís Eduardo , 92,1 MHz, o programa MÚSICA, ETERNA MÚSICA.

Notícias Relacionadas