Não se condiciona a eleição!- Por Mário Machado Júnior

falando-serio-149

Estamos na reta final para as eleições 2016 e vejo com certa apreensão o que o futuro nos reserva, tanto em candidatos como em resultados.

Acompanho a politica com certa desconfiança, pois gato escaldado tem medo de água fria, não é mesmo? E neste ponto da desconfiança entra um personagem muito importante, o sr. SE!

SE fulano fizer isso, ganhará! SE ciclano apoiar beltrano o resultado será este! SE descobrirem isto daquele outro os resultados serão catastróficos. E por ai afora vão as especulações.

Conjunção subordinativa condicional – estabelece um sentido de condição, podendo equivaler-se a “caso não”. 

Ex: Se tivéssemos saído mais cedo, poderíamos aproveitar mais o passeio.
Or. subordinada adverbial condicional

O SE é um CONDICIONANTE. Condição é aquilo que se impõe como necessário para a realização ou não de um fato. As orações subordinadas adverbiais condicionais exprimem o que deve ou não ocorrer para que se realize ou deixe de se realizar o fato expresso na oração principal.

É tanto SE nesta campanha que nem Mãe Dinah ou sua mais importante representante no cenário eleitoral brasileiro do oeste da Bahia, Madame Almerinda conseguem fazer qualquer vaticínio, pelo contrário esta ultima esta carregada de dúvidas.

O SE faz parte do jogo especulativo em qualquer campanha eleitoral, aliás ele funciona muito bem com o intuito de mais causar celeumas do que propriamente resolver alguma coisa.

Especular é parte integrante de uma eleição, porem em 99% dos casos são especulações furtivas, sem qualquer base ou fundamento, e olha que nem menciono aspectos científicos, muito pelo contrario.

O SE também pode ser interpretado como o ACHOMETRO da população que adora especular e dar palpite.

Algumas verdades sobre o SE: o SE não ganha eleição; o SE não resolve a vida de ninguém; o SE não dá camisa a ninguém; o SE só faz confundir a cabeça de que já não tem muita coisa lá dentro; o SE especula com espetacular maestria aquilo que não pode provar. O SE não ganha eleição!

SE quisermos ganhar a eleição temos que acabar com a especulação, afinal politica e coisa de gente grande e não brincadeira de menino mimado ou moleque sem juízo. SE quisermos!

SE NÓS HONRARMOS O DIA 02/10 COM A MATURIDADE DO DIA 07/09 JAMAIS PASSAREMOS A VERGONHA DE SERMOS TRATADOS COMO UM 12 DE OUTUBRO!

cartao-mario