Lava Jato ou Lava Carne? Por Mário Machado Júnior

 

Comemorar aniversario nunca foi prioridade em minha vida, torcia para que as pessoas se lembrassem e para mim já estava bom demais. Em 2009 quebrei este circulo vicioso e resolvi comemorar com um churrasco, diversos convidados, por circunstancias ninguém da família, não tenho ninguém por aqui. Foi ótimo, me emocionei muito com a presença de todos, comemorei!

Dia 17 de março de 2017 o aniversariante era a operação lava jato, as comemorações começaram cedo com o Procurador-chefe da Força Tarefa, Dr.Deltan Dallagnol, dando uma entrevista ao jornalista Ricardo Boechat na Band, ás 07h30min, onde falou sobre os 3 anos da operação. Muito boa. Gostei.

O aniversariante do dia foi jogado as traças, pois na mesma hora da entrevista outra operação era deflagrada, a Operação Carne Fraca, que abriu para o Brasil e o mundo as sacanagens que são praticadas na produção e comercio de carnes no Brasil e do Brasil para o mundo. Um filme de horror, dos piores já produzidos, não se equipara ao que foi descoberto. Impressionante!

Sou gaúcho de tradição, baiano de coração e luiseduardense por opção, nascido, criado e educado com carne, churrasco, carnívoro por natureza, a transformação em vegetariano pelas pessoas se dá por “eleição de modo de vida”. E agora? Para onde vai o meu churrasco ou a minha carne de todos os dias?

Ai a riqueza das postagens assombra e recebo este post de um colega: “Carne com papelão, leite com soda cáustica, cerveja com milho transgênico, ketchup e molho de tomate com pelo de rato… e você achando que vai chegar aos 65 pra se aposentar.” Com estas condições fitossanitárias quem se preocupa com aposentadoria? Ficar vivo já vai ser um baita lucro.

Curiosamente no Fantástico, do ultimo domingo, foi noticiado que um áudio, que circula as redes sobre casos de vaca louca no Rio de Janeiro, era mentira e uma fraude, sem fundamento. Será? Chamem o detetive virtual de novo.

Ao ser deflagrada a operação (alias podiam mudar o nome para Operação Carne da Vaca Louca) e a divulgação, o governo federal imediatamente chamou o Ministro da Agricultura de sua licença e chamou o responsável pelas relações comerciais com a União Europeia para se justificar. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, emitiu um comunicado no qual informou ter ordenado a suspensão de 33 funcionários do governo envolvidos no escândalo.

OK! E o povo brasileiro que consumiu esta carne? Qual a preocupação com ele? Alguém foi para a TV dar algum esclarecimento sério? Ninguém.

E agora Tony Ramos, Fátima Bernardes, Roberto Carlos, Robert de Niro?