Barreiras abre o ciclo do UPB Itirenante que será realizado em 10 municípios baianos

A primeira, das dez edições do programa de capacitação técnica no interior da Bahia, o UPB Itinerante foi aberta na manhã desta quarta-feira, 10, em Barreiras. O prefeito Zito Barbosa deu as boas vindas aos participantes que durante três dias terão contato direto com técnicos especializados e receberão informações sobre as formas de prestação de Contas do TCM, Controle Interno, Convênios Federais junto a CEF e Compras públicas. Também participarão de oficina técnica sobre o Sistema Integrado de Gestão – SIGA e e-TCM.

“A iniciativa da União dos Prefeitos da Bahia – UPB, TCM, Sebrae e Caixa Econômica é louvável, espero que esta capacitação gratuita, voltada para gestores e técnicos municipais no nosso interior seja proveitosa e auxilie a melhor condução das prefeituras do Oeste e de todo o interior da Bahia”, disse Zito Barbosa. As outras nove capacitações agendadas para este ano são nos municípios de Paulo Afonso, também em maio; Guanambi, em junho; Irecê e Itabuna, em julho; Alagoinhas e Andaraí, em agosto; Vitória da Conquista e Juazeiro, em setembro; e Teixeira de Freitas, em outubro.

O evento tem o objetivo de melhorar o preparo técnico das contas dos municípios baianos, eliminando as principais causas de rejeição de contas dos gestores pelos órgãos de Controle Externo. O UPB Itinerante vai proporcionar aos prefeitos dos 417 municípios do Estado, uma melhor orientação, maior segurança e mais eficiência na execução orçamentária, para que haja a devida aplicação  dos recursos e prestação de contas, realçando assim o caráter orientador e pedagógico do tribunal.

Dados do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) mostram que, no exercício de 2015, das 407 contas analisadas, 228 foram aprovadas com ressalvas e 179 rejeitadas. O que significa mais de 43% de rejeição nas contas dos prefeitos baianos. Com o intuito de diminuir este índice, os organizadores se uniram e criaram o UPB Itinerante.  “Nossa missão é contribuir para a excelência da gestão municipal. Atuar pedagogicamente, mostrando os caminhos legais e ajudando a diminuir os índices de contas rejeitadas, é o nosso propósito com essa capacitação”, disse o presidente da UPB, Eures Ribeiro.

Notícias Relacionadas

Postado por - 12 de agosto de 2017 0
Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no WhatsApp