Bahia Farm Show: Certeza, na era da incerteza!

Circular pelas “avenidas” do BFS é uma aventura em tanto, ainda mais considerando que, para muitos, o evento em si, pode parecer loucura, mas é um alento para esta insana época que vivemos no Brasil.

Tive a oportunidade de ver tecnologias primorosas que causariam inveja a NASA e pessoas encantadas com o que viam. Produtores, caminhando a passos lentos, para poderem sorver cada segundo do evento.

Mais uma vez a sociedade rural e produtora do nosso país é chamada a participar de um evento do tamanho do BFS e não decepciona.

Em entrevista no lançamento do evento deste ano,  o Presidente Zanella fez uma previsão usando como espelho o ano passado, com negócios da ordem de R$. 1,1 bilhões. Este ano há de ser mais.

Em 2016 estávamos no pré-impeachment e Michel Temer havia assumido ha pouco a presidência de forma interina. Tudo conspirava contra e o BFS surpreendeu.

Em 2017, mesmo com toda a crise instalada no país os empresários, produtores, expositores, enfim todos que estão no evento esperam pelo melhor. A safra deste ano colaborou.

Tive a oportunidade de conversar com um empresário voltado à produtos inovadores, baseados na biotecnologia,  José Claudio de Oliveira, da empresa JCO – Sustentabilidade no Campo. Gaúcho de Gravataí narrou, com certo brilho nos olhos, o que sua empresa representa e poderá representar no cenário agrícola com produtos baseado nas pesquisas de uma agricultura que retorna a si mesma para buscar os resultados e apresentá-los ao mundo. A biotecnologia é um alento para a realidade e pode ser muito bem empregada e investida pelos agricultores.

O evento continua chamando a atenção do público-alvo e dos curiosos. Encontrei diversas pessoas que mesmo não sendo agricultores, produtores, estavam encantadas com o que viam.

O Bahia Farm Show funcionará ate o sábado dia 03 de junho.

BFS 2017 promete!

Mário Machado Júnior