O TSE MICOU por Mário Machado

Meus caros leitores, talvez uns 7 ou 8, tirando a famí­lia, o TSE micou, e micou feio demais da conta.

 

Não era Dilma!

Não era Temer!

Não era Odebrecht!

Não era lava jato!

Era Brasil ministros que, assim como Getúlio, saí­ram da vida para entrar na história, mas aquela que teremos vergonha de contarmos a nossos filhos.

Tinham a faca, o queijo e o doce de leite na mão, os quais foram muito bem preparados pelo Ministro Hermann Benjamim e, no entanto, se lambuzaram com o doce de leite, deixaram a faca cair no chão e o RATO comeu o queijo. E, mais uma vez, ficamos com o pires na mão.

Vergonha nossa, essa, jamais serão alheia!

Tinham tudo para reescrever a historia recente e no entanto 4, vejam bem, 4 deles resolvem, mais uma vez, mancha-la. Os quatro cavaleiros do apocalipse naquela corte se apresentaram. Que venha o armagedom.

Não lhes nego meus caros que o resultado já  era sabido antes de se iniciar o pleito, aliais todos nós já sabíamos o que nos aguardava. Surpresa nenhuma, pelo contrário. Agora vamos fazer justiça, o Ministro Hermann Benjamin, obrigar os outros a ouvir sua voz ininterruptamente por três dias seguidos lendo o seu relatório e o voto, sinceramente não teve pressão. Foi o nosso único consolo.

Até votaram como quiseram, mas podiam ter dado mais uma chance para o Brasil. Perderam uma oportunidade histórica.

Durante leitura de seu voto na sessão de julgamento da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Napoleão Nunes Maia afirmou que Pôncio Pilatos, governador da Judeia do ano 26 ao 36, tinha a mesma admiração que o presidente da corte eleitoral, ministro Gilmar Mendes, teria hoje. “Pôncio Pilatos tinha a admiração que tem vossa excelência hoje no Brasil”, declarou, após a sessão ser suspensa por ele ter se exaltado em defesa própria contra acusações de que teria beneficiado delatores da OAS. Pilatos ficou conhecido na história por ter lavado as mãos enquanto os romanos pediam a execução de Jesus de Nazaré.”

E “Pilatos”, mais uma vez, entregou um justo a crucificação.

Estes são os ministros do Tribunal Superior Eleitoral que, se fosse extinto, não faria a menor falta!

Ajudem a ONG VIDA BIXO LEM:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/salve-a-ong-vida-bixo

Notícias Relacionadas

Postado por - 21 de junho de 2017 0
Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no WhatsApp