4 mortes, Uma nova disputa pelo tráfico de drogas estaria recomeçando em Barreiras?

Foto: Ilustração

Barreiras teve nas últimas 24 horas , ( 31/08 – 01/09 ) uma de suas madrugadas mas violentas nos últimos tempos, a cidade que até o mês de julho tinha ficado cerca de 42 dias sem nenhum homicídio, voltou a ficar tensa com a execução de várias pessoas num curto espaço de tempo de  meados de julho até agora foram 7  mortes, só ontem (31.08 ) foram 4 vítimas.

Foto Arquivo

Segundo o Mais Oeste apurou junto a uma fonte da crônica policial de Barreiras, que a maioria destes crimes são ligados ao tráfico de drogas, Outra fonte já havia também  revelado ao Mais Oeste que com a morte do traficante ” Nego Jó ” em Goiás  confira a matéria neste  link: haveria provavelmente uma nova disputa pelos pontos de drogas em  Barreiras e  um ajuste para quem assumiria a posição do ” Nego Jó ” no comando de parte do tráfico na cidade.  E pelo visto não deve ficar por aí pois muita gente tem interesse em ficar com os pontos do Nego Jó.

A sequência das mortes das 4 mortes.

 

Bairro Santa Luzia:

Foto: Redes Sociais

 Por volta das 8h30 da noite,  na Rua Bahia,  Alex dos Santos Dias de 18 anos foi morto a tiros, na hora do atentado Jocicléia da Silva Macêdo, de 22 anos também foi atingida mas sem gravidade. Os tiros teriam vindo de uma pessoa que estaria em carro de cor branca.

Bairro Barreirinhas :

Foto: Redes Sociais Paulo Henrique

 

Já passava das dez horas da noite quando a segunda vítima  foi morta em um local conhecido por Rua do Cemitério, local onde já ocorreram outras mortes também ligadas ao tráfico de drogas. A vítima foi Paulo Henrique Torres dos Santos de 27 anos que ainda foi levado com vida mas morreu a caminho do HO. Segundo o Mais Oeste apurou vários tiros teriam sido dados para o alto amedrontando os moradores próximos.

Pouco depois da morte segunda morte, José Roberto Brito Bahia da Silva de 31 anos, foi morto perto da praça Eduardo Catalão que fica próximo a Rua do Cemitério onde Paulo Henrique havia sido executado. Novos disparos de tiros foram  ouvidos. Um morador que não quis se identificar disse ao Mais Oeste que os tiros pareciam  fogos de São João pela intensidade.

 

Bairro Vila Rica

 

Foto; Rede Social

Rua Asa Norte, Werculis Roberto Almeida Paulino de 21 anos, foi assassinado já na madruga da sexta-feira. Já passava da meia noite quando o jovem foi surpreendido por homens que fizeram a execução.