Blitz do “Setembro Amarelo” começa em Barreiras

 

A quantidade de pessoas que tiram a própria vida vem crescendo ao longo dos anos em todo o Brasil. Números do Ministério da Saúde mostram que são 32 brasileiros mortos por dia, total superior ao de vítimas da Aids e da maioria dos tipos de câncer. Para especialistas, nove em cada 10 casos poderiam ser evitados com encaminhamento correto ao tratamento.

Segundo especialistas, os idosos ainda estão em maior número entre os que tiram a própria vida no País. Mas a proporção de jovens vem crescendo aceleradamente. Dados do Mapa da Violência mostram que os suicídios aumentaram 33% nos últimos 10 anos entre pessoas de 15 a 29 anos.

Em 2014, foram 2.898 casos de pessoas desta faixa etária. Outras 146 cometeram suicídio antes dos 15 anos.

Em Barreiras o “Setembro Amarelo” começou com divulgações de valorização da vida e prevenção ao suicídio, nos semáforos, muitos voluntários estiveram presentes na distribuição de panfletos com o objetivo é dar visibilidade ao assunto para salvar vidas.

Segundo o Dr. Francisco Honorato médico psiquiatra  “O trabalho voluntário alimenta a nossa alma e e dignifica o ser humano, isso é muito gratificante para nós”

A ação no trânsito de Barreiras será realizada durante todos os sábados do mês.