Confirmado: Jorge Vercillo será a atração de encerramento do Festival Primavera em Barreiras

Foto: Letras.com.br

Confirmado, O cantor Jorge Vercillo fará o show de encerramento do Festival Primavera em Barreiras no sábado ( 23  ) , depois de muita expectativa  a organização do evento anunciou oficialmente o nome de um dos mais badalados astros da música brasileira. Jorge que tem uma legião de fãs já esteve em Barreiras fazendo um show empolgante e para os casais enamorados, Agora a apresentação será no palco do Festival que tem um caráter de Negócios e entretenimento. Os organizadores já alertam que o Festival tem um local para o público limitado e como a entrada é franca de ter uma disputa por uma vaga.

 

Um pouco da História de Jorge Vercillo

Em 1993, lançou seu primeiro CD, “Encontro das Águas”, no qual, a primeira faixa é a música “Alegre”, que cantou no festival. A música título fez parte da trilha sonora da novela Mulheres de Areia, e a música “Praia Nua” entrou na trilha sonora da novela Tropicaliente, ambas da TV Globo. Em 1996, lançou o segundo CD “Em Tudo Que é Belo”, que no ano seguinte foi indicado ao Prêmio Sharp (atual Prêmio da Música Brasileira), na categoria “Melhor Cantor Pop”.

Depois de se desligar da gravadora Continental, o cantou partiu para uma produção independente e lançou, em 1999, o CD “Leve”, cuja música “Final Feliz”, gravada em dueto com Djavan, fez um enorme sucesso. Em 2000, Vercillo se apresentou na extinta casa de shows Canecão, do Rio de Janeiro.

Em 2002, assinou contrato com a EMI Music, que lançou o disco “Elo”. A primeira faixa “Que Nem Maré” foi a música mais tocada naquele ano. Em 2003, a música “Fenix”, feita em parceria com Flávio Venturine, fez parte da trilha sonora da minissérie A Casa das Sete Mulheres. Ainda em 2003, lançou seu quarto álbum de músicas inéditas, “Livre”, em CD e DVD, quando a música “Monalisa” virou um hit nacional.

Em 2005, lançou o álbum “Signos de Ar”, com diversos parceiros, que no ano seguinte, recebeu o Prêmio Tim, de “Mrlhor Cantor Eleito Por Voto Popular”. Ainda em 2006, lançou um CD e DVD, gravados ao vivo, em show no Canecão. Em 2007, recebeu seu segundo Prêmio Tim, de “Melhor Cantor Eleito por Voto Popular”.

Com sucessivos álbuns lançados, em 2009, se desliga da EMI e no ano seguinte, assina contrato com a Sony Music, lançando um único disco com a gravadora, “DNA”. Nesse mesmo ano, inicia uma turnê nacional, que vai de maio até julho do ano seguinte. Em 2011, lança “Como Diria Blavaysky”, distribuído pela Microservice. Em 2013, lança “Lua de Sol”, gravado ao vivo no Ceará.

Em dezembro de 2015, Jorge Vercillo lançou seu décimo álbum de inéditas, “Vida é Arte”, disponibilizado para venda no iTunes, que reúne 13 composições, e conta com a estreia de seu filho mais velho, de 13 anos, “Vinícius Vercillo”.

 

 

 

Notícias Relacionadas