E o pau para bater em Francisco? Por Mário Machado

 

Pau que bate em Chico, também bate em Francisco! Não é assim que diz o velho ditado no sentido de que deve haver equilíbrio e equanimidade nas coisas? Pois bem, minha pergunta, a qual se insere no contexto jurídico atual e em atendimento ao pleito de alguns conhecidos, se deve justamente a isso.

Por que só alguns foram objetos de processos criminais, leia-se lava jato, ao passo que outros continuam flanando lindos, lépidos e fagueiros pelos corredores do poder?

Ao mesmo tempo em que pergunto isso, me espelho em um versículo da Bíblia, Eclesiastes 3:1 – Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.

Cada coisa anda em seu lugar ao seu tempo e hora, porém, para muitos, já passou da hora do pau ralar em Francisco, até porque o Chico já não aguenta mais tanta pancada que pode até estar perto de desistir de um futuro político qualquer. Pode ser!

Mas o que eu prefiro acreditar é um misto de tempo, com pessoas, com lugares e que tudo há de atingir o essencial equilíbrio de colocar cada um em seu respectivo lugar, seja na Papuda, Complexo Médico-Penal (CMP) de Pinhais, Presidente Bernardes, Presidente Venceslau, Presidente Prudente, Benfica, Bangu.

A mistificação criou uma suposta aura em torno destes processos da Lava Jato, só para ficar no básico, como se os representantes do partido “x” fossem o alvo e esquecessem do partido “y”. Não é bem assim. Temos que nos concentrar que os processos começaram no partido “x” e ainda não acabaram. Tem muita água para rolar embaixo da ponte.

Da mesma forma vemos esta semana a indicação do Diretor Geral  da PF de acabarem com todos os inquéritos da lava jato ate o fim do ano. Eu entendo que alem do MPF e do Judiciário, a operação já virou patrimônio do povo brasileiro.

Eu defendo a lava jato não como instituição que não o é mas como uma operação policial-judiciaria das mais bem sucedidas no pais. Erros houveram, mas quem não erra?

O ex-presidente do Partido Novo, João Amoedo, em entrevista ao site O Antagonista afirmou:: “2018 é uma oportunidade única de renovação” Vamos renovar então e fazer o pau bater no Sr. Francisco também?