3X0 ou 7X1? Por Mário Machado

Passado o tsunami ou a marolinha do primeiro julgamento do ex-presidente Lula, espero piamente que o Brasil retome suas atividades, porque vou te contar que troço chato. Não se falava em outra coisa.

Fecho a semana e encerro o assunto.

Uma historieta: Um jovem vivia criticando quem ia pregar, dizendo que, se fosse ele, pregaria muito melhor. Um dia, o pastor deu oportunidade ao moço para pregar. Ele subiu ao púlpito, orgulhoso, sorridente. Tentou achar um texto na Bíblia, de um lado para outro, e nada. Suou, pediu desculpa, e desceu cabisbaixo. Sentou noutro lugar, junto a um irmão experiente, que, percebendo sua tristeza, disse: “Moço, se você tivesse subido como desceu (humilde), teria descido como subiu (alegre)”.

Se Lula tivesse recebido com “humildade” a primeira sentença, teria a mesma parcimônia para receber o resultado do TRF4, 8a Turma.

Fiz um comparativo no titulo da coluna entre o 3X0 de Lula e o 7X1 da seleção brasileira para mostrar quão vergonhoso é o resultado de forma geral, assim como são extremamente indigestos estes resultados. Detalhe, ambos afetaram uma nação inteira.

Por lado outro quero, sabe lá Deus se posso, é pedir que acabem como ódio que se assomam os lados desta disputa. O PT tem na sua presidência uma senadora da republica que age como se estivessem condenando o ex-presidente a morte. Ela tem e usa uma verborragia que não se coaduna mais com o momento atual. Mais um pouco ela pega em armas, e periga incentivar que outros peguem. Atitudes incompatíveis com os cargos que ela ocupa.

Temos que acabar com as divisões: nós x eles, mortadelas x coxinhas e por ai vai. Nós somos um só povo, uma só nação, uma só língua, e espero um só sentimento: o Brasil.

Um conhecido me pede, ocasionalmente, para tirar o ódio do meu coração, como se assim o fosse. Só que não tenho ódio. No desenho A Era do Gelo, a preguiça Sigi diz que elas são tão lentas ate para sentir raiva. Assim sou eu no que pese ódio ou raiva.

O processo contra o ex-presidente vai ter um novo julgamento para apreciar os embargos de declaração os quais são cabíveis quando haja obscuridade, omissão ou contradição no acórdão. Algumas previsões otimistas dão conta de que ate o fim de março ocorrerá o julgamento.

Vamos viver Brasil. E os Zés das Couves e Marias Alface que também tem processos a serem julgado. Vamos trabalhar minha gente.

Notícias Relacionadas