Saiba tudo sobre a operação Cartão vermelho que investiga o Ex-governador Jacques Wagner

A Operação Cartão Vermelho, deflagrada pela Polícia Federal na manhã de sexta-feira (26), cumpre mandado na casa do ex-governador Jaques Wagner, gestor na época da demolição da antiga Fonte Nova, alvo da ação. Jacques Wagner esteve na última sexta-feira na cidade de Luís Eduardo Magalhães participando da visita do Governador Rui Costa, na oportunidade Jacques Wagner disse ao Site Mais Oeste que acredita na candidatura de Lula  e que ele vai disputar uma vaga para o senado federal pela Bahia.

Segundo informações da Polícia Federal, os mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região e estão sendo cumpridos em órgãos públicos, empresas e endereços residenciais dos envolvidos em um esquema que envolve os crimes de fraude a licitação, superfaturamento, desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro. De acordo com a apuração da operação, batizada de Cartão Vermelho, a licitação que culminou com a Parceria Público Privada nº 02/2010 foi direcionada para beneficiar o consórcio Fonte Nova Participações (FNP), composto pelas empresas Odebrecht e OAS. De acordo com laudo pericial, a obra foi superfaturada em valores que podem chegar a mais R$ 450 milhões de reais após correção, sendo grande parte desviado para o pagamento de propina e o financiamento de campanhas eleitorais. Outros sete mandatos de segurança estão sendo executados pela Polícia Federal, as 10 horas da manhã uma coletiva vai ser realizada pela PF.

 

 

 

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *