Uber pagou quase R$ 1 bilhão em impostos no Brasil em 2017

A Uber anunciou, nesta sexta-feira, que pagou R$ 971,8 milhões em impostos no Brasil em 2017. A conta inclui tributos federais – como PIS, Cofins e Imposto de Renda – e municipais – ISS e contribuições municipais devido a regulações locais.

Os números foram divulgados ao mesmo tempo em que os aplicativos de compartilhamento de carros, como a própria Uber e a Cabify, travam uma batalha legislativa. Em São Paulo, por exemplo, o prefeito João Doria aprovou, em fevereiro, regras mais rígidas para esses serviços.

“Como pioneiros, nossa história no Brasil teve muitos desafios e temos muito orgulho do que criamos até agora”, afirmou Guilherme Telles, diretor-geral da Uber no Brasil.

“Nosso crescimento é um reflexo da mudança de comportamento que a Uber vem provocando nas cidades. Cada vez mais pessoas deixam de dirigir sozinhas e passam a compartilhar os carros que já estão nas ruas.”

De acordo com o comunicado, mais de 20 milhões de brasileiros se deslocam com a Uber de maneira permanente, o que levou São Paulo e Rio de Janeiro ao topo do ranking das maiores cidades em número de viagens de Uber no mundo.

“Os números mostram o impacto que a tecnologia pode trazer para as cidades, mas o que nos move todos os dias é continuar usando isso para melhorar a vidas das pessoas. Vamos continuar construindo mecanismos que melhorem cada vez mais as experiências e a segurança de nossos usuários e de nossos parceiros no Brasil”, defendeu Telles.

Notícias Relacionadas