O Big Brother da câmara de vereadores de Barreiras, Por Ronimarkes Mota

As sessões da câmara de Vereadores de Barreiras  podem ser assistidas todas as terças e quartas-feiras pelo canal 4.1 ( Tv câmara de Barreiras ) no conforto da casa do cidadão, sempre entre 19h30 e 22h00. E por quê estamos fazendo essa menção a uma programação tão específica de televisão? Tudo por que  a TV Câmara é considerada por muitos formadores de opinião como um supérfluo, um dinheiro gasto em demasia sem proveito para a sociedade, mas será que é isto mesmo ?  Depois das polêmicas sessões da câmara que mexeram  com toda a sociedade barreirense a perspectiva de muitos mudou e principalmente quando as sessões passaram a ser ao vivo.

Na nossa opinião esta é a grande oportunidade para que você cidadão possa ver, analisar e cobrar dos nossos vereadores  uma postura para que possam nos representar ou defender nossos interesses, achamos muito difícil que a partir de agora qualquer processo seja votado sem que a população tenha oportunidade de perceber o que está acontecendo, está se criando um hábito das famílias assistirem as sessões via TV até mesmo para comentar em suas redes sociais ou mesmo no outro dia, fazendo uma alusão é como assistir a um jogo de futebol e no outro dia discutir como jogador  A ou B se comportou em campo, neste caso no plenário, acabou a vida digamos mansa dos vereadores de Barreiras que agora tem um Big Brother olhando e anotando o que estão fazendo em cada sessão, e olha que não estamos nos referindo ao famoso programa de televisão e sim ao clássico livro de George Orwel, 1984 que retrata  uma sociedade em que Grande Irmão sabe de tudo.  Claro que essa fiscalização conta muito com as Redes sociais que alertam as pessoas para assistirem o que pode vir acontecer no seu cotidiano. Agora pergunte a quem é  contra a esse canal de comunicação, se ele pode ou não pode ser útil para que a sociedade  faça uma cidade melhor junto com os vereadores. Além  das sessões, a TV Câmara tem uma programação cultural, prestadora de serviço e de muita informação.  Então da próxima vez que você acompanhar uma sessão da câmara de Barreiras você verá com outros olhos, parafraseando o jornalista Alberto Dines do Observatório da Imprensa.

 

 

Notícias Relacionadas