ACM Neto permanece indeciso sobre candidatura

Apesar de ter prometido decidir até o final de semana, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), permanece indeciso sobre sua candidatura ao governo da Bahia e os partidos aliados ameaçam não apoiar o “plano B” do grupo, caso o democrata soteropolitano não entre na corrida eleitoral. Segundo relatos de fontes do Palácio Thomé de Souza ao site bahia.ba, Neto ainda terá “algumas conversas” e deve receber mais uma pesquisa interna para definir sua candidatura. No último sábado (17), durante evento na Fazenda Grande do Retiro, o prefeito disse à imprensa que a “decisão estava saindo”. No final de semana, ele teve acesso a um levantamento qualificado que, segundo aliados, expôs bom desempenho, mas mostrou que a propaganda pesada do governo, com outdoors espalhados pelas estradas e cidades, tem “influenciado na pesquisa”, conforme correligionários do democrata. Diante da indecisão do prefeito, as siglas aliadas podem até lançar candidatura própria. “Se Neto não for candidato, os partidos vão fazer uma reflexão interna se é melhor não ter candidato.

Quem mantém o grupo unido é ACM Neto. Então, se ele não for, o grupo pode espatifar”, contou um aliado próximo ao gestor soteropolitano. No ano passado, o presidente do PSDB da Bahia, deputado federal João Gualberto, afirmou que, se o prefeito declinasse, o seu partido estudaria outros nomes, e o dele mesmo está na roda da disputa. Também, em 2017, uma das principais lideranças do PRB na Bahia, o deputado federal Márcio Marinho, afirmou que a sigla permaneceria na coligação, mesmo se Neto não fosse o candidato, mas ressaltou que “aqui ou acolá a gente vai ponderar”. O bahia.ba tentou falar com os parlamentares para saber se mantém as posições, mas não obteve êxito.

Fonte: Bahia Ba