Candidato a presidência invade apartamento que seria da família de Lula

O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e a Frente Povo Sem Medoinvadiram, na manhã desta segunda-feira ( 16 ) , o apartamento tríplex atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Guarujá, litoral de São Paulo. A informação foi divulgada no Facebook pelo ativista Guilherme Boulos, líder do MTST e pré-candidato à Presidência da República pelo PSOL.

“MTST e a Povo Sem Medo acabam de ocupar o triplex do Guarujá, atribuído a Lula por [juiz Sergio] Moro. Se é do Lula, o povo poderá ficar. Se não é, por que então ele está preso?”, escreveu Boulos na publicação, acompanhada de uma foto das faixas do movimento exibidas na sacada do imóvel.

Boulos foi um dos nomes destacados por Lula no Showmicio do ABC, antes da prisão do ex-presidente.

O ex-presidente Lula está preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba, cumprindo a pena de doze anos e um mês de prisão a que foi condenado na Operação Lava Jato, em primeira e segunda instância. Ele foi considerado culpado de aceitar, da construtora OAS, a promessa de posse e a reforma do imóvel.

Apesar do discurso do MTST, no entanto, a sentença não condenou Lula por possuir formalmente o imóvel, considerando que, apesar deste ainda estar em nome da empreiteira, foi prometido ao petista e reformado ao seu gosto, para possível transferência posterior.

Notícias Relacionadas