Repórter da Globo é agredido por torcedores brasileiros

O jornalista André Gallindo, repórter da TV Globo, foi agredido por dois torcedores brasileiros enquanto gravava uma reportagem no estádio em Samara, onde o Brasil venceu o México por 2 a 0, nesta segunda-feira (2), e avançou às quartas de final da Copa do Mundo da Rússia.

Pessoas que presenciaram a agressão, disseram que os torcedores estavam “visivelmente alterados”. Galindo estava trabalhando quando um homem, vestindo camisa do Flamengo, atrapalhou a gravação. Ao questionar a atitude, o repórter levou um banho de cerveja. Outro torcedor, que usava uniforme da seleção brasileira, foi mais agressivo e, além de jogar bebida, empurrou o jornalista.

Apesar de ter policiais presentes na cena, os agressores não foram detidos. Em conversa informal com jornalistas no centro de imprensa em Samara, Galindo disse não ter se ferido e que estava bem, apesar do susto.

A Copa do Mundo não está sendo boa para os repórteres da emissora. Anteriormente, as jornalistas Julia Guimarães e Amanda Kestelman, já relataram assédios que vêm sofrendo na Rússia. Gallindo acabou entrando para essa lista nada agradável.

Revelado na filial da Globo em Recife, Gallindo atualmente está atuando na área esportiva da Globo Rio. Amigos do jornalista dizem que ele é uma pessoa pacata e que nunca se envolveu em confusão.