Serra do Ramalho: Executor de facção criminosa é morto em ação policial

Na madrugada do domingo (15), um homem foi morto após trocar tiros com a polícia. Gilberto Carlos Dias De Souza, vulgo “Gilbertinho”, era acusado de ser o executor de uma facção criminosa que atua na cidade de Guanambi e estava escondido na Agrovila 8, em Serra do Ramalho (BA).

De acordo com informações da 38ª CIPM, a facção que o homem pertencia é liderada por Fabiano Almeida dos Santos, vulgo Baú, e já existia um Mandado de prisão em aberto contra Gilberto, além de ter sido visto com arma de fogo.

Os policiais chegaram a um barraco na Agrovila e cercaram o local. Quando Gilberto saiu pela porta da frente com uma arma longa nas mãos e percebeu a presença da polícia e recebeu voz de abordagem, porém ele não obedeceu a ordem e efetuou disparo contra a guarnição que de imediato revidou.

Gilberto foi baleado e levado ao Hospital Municipal de Serra do Ramalho, mas não resistiu aos ferimentos. Os fatos foram registrados na delegacia de Bom Jesus da Lapa.