Traficante é morto e polícia apreende 30 tabletes de maconha em Barreiras

Na noite desta segunda-feira (23), o traficante Marcelo Santos do Nascimento, de 26 anos, mais conhecido como ‘Marcelinho’, foi morto depois de trocar tiros com a Polícia Militar na BR-135, nas proximidades Residencial Arboreto I, em Barreiras.

Ele foi localizado durante uma ronda da RONDESP e, ao perceber a presença da polícia, empreendeu fuga em uma moto Honda/Biz – 125. Após tentativa de abordagem dos policiais, Marcelinho reagiu com tiros e foi baleado, indo a óbito no local. Os policiais acionaram a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU) e o médico constatou a morte. O corpo de Marcelo foi removido para o Instituto Médico legal (IML) do Distrito Integrado de Segurança Pública (DISEP).

O revólver calibre 38, com seis cápsulas deflagradas, foi apreendido no local, juntamente com três tabletes de “maconha” prensada e acondicionada em saco plástico, pesando aproximadamente 15 gramas, uma balança digital pequena, CRLV, celular e a moto.

Foto de arquivo de Marcelinho

Com a notícia da morte do traficante, os policiais militares receberam uma denúncia anônima, informando que um imóvel na Rua da Usina, no loteamento Boa Vista III, era usada como depósito de drogas de Marcelo. No local foram apreendidos 30 tabletes de maconha prensada, pesando aproximadamente 23 kg, misturada com café em pó. Cada tablete mede aproximadamente 10 cm de largura por 31 cm de comprimento e foram encontrados debaixo de uma cama em um dos quartos da casa.

A polícia informou que Marcelo já foi preso várias vezes por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Notícias Relacionadas