MEC afirma que pagamento de bolsas da Capes não será suspenso

O Ministério da Educação divulgou nota, no início da noite desta sexta-feira (3), afirmando que “não haverá suspensão do pagamento das bolsas da Capes”. O presidente Michel Temer também afirmou que a verba para a Capes está garantida. Ele disse que se reuniu com membros de seu conselho científico para tratar do assunto.

O comunicado foi divulgado depois uma reunião entre os ministros Rossieli Soares, do MEC, e Esteves Colnago, do Planejamento, realizada na tarde desta sexta. O MEC diz que a reunião já estava marcada e não foi provocada pela repercussão negativa da possibilidade de corte de cerca de 11% no orçamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

“As esquipes dos dois ministérios têm realizado frequentes reuniões para tratar do tema”, disse o MEC na nota, afirmando que “a valorização da educação é uma das prioridades do governo federal”.

Enquanto os ministros se reuniam em Brasília, em São Paulo manifestantes protestavam contra a possibilidade de cortes orçamentários na Capes para 2019.

A notícia mobilizou a opinião pública e teve repercussão negativa entre cientistas e pesquisadores que começou a circular um ofício do Conselho Superior da Capes, alertando que, caso o valor estipulado atualmente na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) aprovada no Congresso, o dinheiro da Capes para o pagamento de bolsas de quase 200 mil pesquisadores acabaria a partir de agosto de 2019.

Leia a íntegra do comunicado:

“O Ministério da Educação reafirma que não haverá suspensão do pagamento das bolsas da Capes. Em reunião na tarde desta sexta-feira (03), os ministros da Educação, Rossieli Soares, e do Planejamento, Esteves Colnago, discutiram medidas estruturantes para a área da educação em seus diferentes níveis, bem como o orçamento para o próximo ano.

As esquipes dos dois ministérios têm realizado frequentes reuniões para tratar do tema. A valorização da educação é uma das prioridades do governo federal que, em dois anos, adotou medidas importantes para o setor, como a Lei do Novo Ensino Médio e a homologação Da Base Nacional Comum Curricular da educação infantil e do ensino fundamental.”

Notícias Relacionadas

A Rosa Rosa: Por Regis Truccolo

Postado por - 2 de abril de 2018 0
Compartilhar no WhatsApp Na semana da páscoa, o Ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, concedeu liminar ao ex-senador Demóstenes…

Postado por - 16 de maio de 2017 0
Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no WhatsApp

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO SINDSEMB

Postado por - 10 de dezembro de 2016 0
Compartilhar no WhatsApp O SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE BARREIRAS-SINDSEMB, por meio de sua diretoria, vem prestar os seguintes esclarecimentos…