Homem que tatuou menina de 13 anos responderá por lesão corporal gravíssima

Na manhã desta terça-feira (11) o pai de um adolescente de 13 anos foi no Complexo Policial de Barreiras denunciar o tatuador que fez uma tatuagem na filha sem consentimento dele. Ele conta que a menor foi tatuada no braço direito, com um desenho e o nome de alguém.

O delegado Francisco Carlos de Sá promete intimar e indiciar o tatuador por crime de lesão corporal gravíssima. Ressalta que, a lesão corporal gravíssima pode resultar em pena de reclusão de dois a oito anos. “Os pais não o autorizaram fazer isso e uma tatuagem provoca deformidade permanente, portanto vamos instaurar Inquérito Policial através de portaria para adotar providências”, declarou o delegado.

O pai da garota também acusa o tatuador de ter furado as orelhas da filha para colocar brincos em ocasião anterior. “Não falei nada, porque é normal uma garota colocar brincos nas orelhas, mas não gostei, porque havia feito sem o meu consentimento”, informou.

Notícias Relacionadas