Record pune jornalista por engravidar funcionária ligada à cúpula da Universal

Principal repórter do Balanço Geral de São Paulo, Matheus Furlan foi punido pela direção da Record por ter engravidado uma funcionária da emissora, de família ligada à cúpula da Igreja Universal do Reino de Deus. Ele só voltará a fazer parte da escala de apresentadores do Cidade Alerta aos sábados após definir a data de seu casamento com a colega de trabalho.

O jornalista era bem quisto pelos altos escalões da Record e da Universal até engatar um relacionamento com uma produtora do Domingo Show, Ludmila Oliveira, no início do ano. A ala mais conservadora da igreja não gostou do namoro da moça com o repórter. Ela é 13 anos mais jovem que ele.

Para os colegas de trabalho de Furlan, 37 anos, a gravidez foi um “acidente de percurso”. Enquanto foi apresentador titular do Balanço Geral Manhã, entre setembro de 2017 e março, ele ostentava para sua equipe um estilo de vida boêmio. Aos amigos mais próximos, confidenciava que não queria um relacionamento sério tão cedo.

Sua postura mudou após perder a apresentação do matinal para Bruno Peruka, no final de fevereiro. Passou a frequentar reuniões do Templo de Salomão e rapidamente começou a namorar a produtora do programa de Geraldo Luis, também frequentadora da igreja.

O relacionamento chamou a atenção da equipe do Balanço Geral. “O Furlan é maluco de namorar ela. Ela é bonita, muito gente boa, uma profissional excelente, mas todo mundo sabe da família dela, da ligação com a igreja.

Ninguém nunca teve coragem de se engraçar com ela justamente por isso. A família dela é muito tradicional na igreja. Esse namoro nunca foi bem-visto aqui dentro”, disse ao Notícias da TV um repórter do noticiário, que pediu para não ser identificado.

Em setembro, começou a circular a informação de que Ludmila estava grávida. Na legenda de uma foto do Instagram, Furlan disse a Ludmilla que “ao seu lado, a minha vida mudou”. A Universal não gostou nem um pouco da notícia. A alta cúpula prega que os apresentadores da Record precisam ter condutas exemplares. Se não quiserem ter um relacionamento sério, não devem se envolver em “escândalos”. Sexo antes do casamento é pecado para os seguidores de Edir Macedo.

Devido à pressão da Igreja Universal, Matheus Furlan só terá novas chances como apresentador na Record se marcar seu casamento com a produtora, o que ainda não aconteceu. Até agora, oficialmente, apenas trocaram seu status de relacionamento no Facebook para “noivos”.

Notícias Relacionadas