Falsos dentistas são presos por exercerem ilegalmente a profissão em Xique-Xique e Piritiba

Dois suspeitos de exercer irregularmente a profissão de cirurgião-dentista foram presos nas cidades de Xique-Xique e Piritiba, ambas no norte da Bahia, no último fim de semana.

Conforme o Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA), os homens podem cumprir pena, que varia de seis meses a dois anos de prisão.

De acordo com a CRO-BA, um dos suspeitos foi detido no sábado (12), em Xique-Xique, enquanto o outro falso cirurgião-dentista foi preso na manhã do domingo (13), em Piritiba.

A polícia informou que a dupla não possuía diploma de graduação necessário para exercer a profissão.

Ainda segundo o CRO-BA, policiais militares prenderam os dois suspeitos em flagrante. Eles confessaram para os fiscais do conselho e aos policiais que atuavam na área há 15 anos.

De acordo com informações da delegacia de Xique-Xique, os dois suspeitos foram liberados após prestarem depoimento.

O CRO-BA informou ainda que materiais de esterilização utilizados em cirurgias odontológicas foram apreendidos com os dois.

Notícias Relacionadas