Deputada Jusmari quer a retomada das obras da BR-135

Paradas há mais de 10 anos, as obras da BR-135 foram temas de um inflamado discurso da Deputada Estadual Jusmari Oliveira na Comissão de Infraestrutura e Desenvolvimento da Assembleia Legislativa da Bahia, na manhã desta terça-feira (12).

Inconformada com a situação de abandono da rodovia, a deputada foi enfática ao propor a realização de uma audiência pública com a participação de todos os responsáveis. Jusmari citou o DNIT, Ibama e outros órgãos ambientais que, na opinião dela, devem ser chamados para um debate com os parlamentares na tentativa de buscar uma solução imediata que possibilite a retomada das obras da 135.

A parlamentar também quer que o assunto seja levado, o mais rápido possível, ao Ministério dos Transportes o mais rápido possível para que se mostre a gravidade do problema. “Peço a união de todos os parlamentares desta Comissão e desta Casa para que possamos juntos fazer uma forte mobilização que leve o governo federal a voltar os olhos para as obras da BR 135 pois é fundamental que a obra seja concluída”, disse ela.

A parlamentar informou que a estrada cruza diversos municípios que respondem por uma grande produção agrícola como São Desidério, Correntina, Formosa do Rio Preto entre outros e classificou “um absurdo” o fato de uma obra tão importante ficar paralisada por tanto tempo. Jusmari ressaltou que a paralisação das obras se deu por conta de questões ambientais uma vez que o traçado da BR passa por cima de um complexo de cavernas e existe a alegação de que isso pode provocar forte impacto ambiental.

“Entendo e sei que as questões ambientais são importantes. O meio ambiente deve ser preservado. Mas este assunto vem sendo debatido há mais de 10 anos sem que se encontre uma solução. Já propus que o traçado da estrada seja desviado por 8 quilômetros para o município de Catolândia como uma forma de contornar o impasse e consequentemente promover o desenvolvimento daquela cidade. O que não podemos é aceitar que a situação continue se arrastando e que levemos mais 10 anos discutindo este assunto. O Oeste Baiano precisa desta estrada e vou lutar para que as obras da 135 sejam retomadas”, destacou Jusmari.

Notícias Relacionadas