Contratos para a construção de 7 novas escolas em LEM são assinados

Na última sexta-feira (29), foi assinado os contratos para a construção de sete novas escolas municipais em Luís Eduardo Magalhães. O prefeito Oziel Oliveira assinou junto às construtoras BMF Engenharia Ltda e Metro Engenharia Ltda, na sede da Associação de Moradores do Mimoso do Oeste (AMMO).

As escolas serão implantadas nos bairros Santa Cruz, Florais Lea, Jardim Paraíso, Mimoso II, Cidade Universitária, Jardim das Acácias e Vereda Tropical. De acordo com o prefeito, esse é o maior conjunto de obras em educação da história do município, com um investimento de cerca de R$ 40 milhões.

As escolas dos bairros Cidade Universitária e Santa Cruz serão construídas pela BMF Engenharia Ltda e terão 15 salas de aula, com capacidade para atender 975 alunos distribuídos em dois turnos. Já as unidades escolares que serão edificadas nos demais bairros, serão construídas pela empresa Metro Engenharia Ltda e contarão com 12 salas de aula, com capacidade para 780 alunos, divididos em dois turnos.

Segundo a secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, todas as escolas vão contar com blocos administrativo e pedagógicos, laboratório, sala de informática, cozinha, refeitório, banheiros, vestiários e quadra poliesportiva coberta. O início das obras está previsto para este mês de abril.

Na oportunidade, o prefeito Oziel Oliveira, solicitou aos representes das duas empreiteiras, que a mão de obra para a construção das sete escolas seja de Luís Eduardo Magalhães. “Essas unidades escolares serão de grande porte e todas vão possuir a mesma infraestrutura. A escola que será construída no Santa Cruz, será a mesma que será construída no Jardim Paraíso. Com a mesmas carteiras, os mesmos armários e a mesma qualidade” pontuou o gestor. “Além disso, vamos empregar centenas de luiseduardenses nessas obras, gerando novas oportunidades e renda para as famílias”, continuou.

Também prestigiaram o evento a deputada estadual Jusmari Oliveira; o deputado federal Otto Alencar Filho; secretários e servidores municipais; vereadores, representantes de associações e sindicatos; além do vice-prefeito de Angical, Antonio Henrique de Oliveira que estava acompanhado pelo seu secretário de Ação Social e pelo presidente da Câmara de Vereadores do município.

Notícias Relacionadas