Alunos de Ciências Contábeis orientam contribuintes de baixa renda na declaração do IR

Foi realizada no último sábado (06), a primeira a orientação da Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) para contribuintes de baixa renda na unidade de serviços da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB). Alunos do 5º semestre do curso de Ciências Contábeis atenderam os interessados, sob a supervisão de acadêmicos do 7º semestre, que foram responsáveis pelo atendimento em 2018. O público alvo abrange pessoas que receberam até R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis, ou R$ 40 mil em rendimentos isentos, tributados na fonte, ou não tributáveis.

“É um projeto importante porque a legislação obriga o contribuinte a declarar, e muitas vezes ele, quando é de baixa renda, não faz e pode ser penalizado. Se tiver um imposto a pagar e o contribuinte não fizer a declaração, ele pode ficar com o nome negativado no cadastro da Receita Federal. Uma vez negativado, ele será impedido de realizar diversas tarefas, como abrir conta em bancos, receber concessão de crédito e outras punições. Aqui os nossos alunos ensinam como é a melhor forma de preencher essa declaração. Muitos trazem os papéis para receber a orientação, outros preferem fazer o procedimento aqui mesmo”, contou o professor orientador da turma, Leandro de Carvalho.

Para a estudante Maísa Dantas, a experiência adquirida dentro do projeto supera o campo pedagógico. “Além de contribuir para o nosso conhecimento, essa ação desenvolve em nós a filantropia, uma vez que o objetivo é ajudar pessoas que não podem pagar pelo serviço. Por outro lado, nós não estamos prejudicando o mercado, pois a definição do público alvo faz com que os outros contribuintes possam recorrer a empresas e profissionais disponíveis”. Ela lembrou ainda, que a segunda data, prevista para o atendimento, será na manhã do próximo sábado, 13.

Osimário Batista Gomes foi um dos contribuintes orientados. “Esse é um serviço que gera custos. Mesmo que a gente tenha a intenção de fazer, o fato de ter que arcar com os valores muitas vezes pode pesar no orçamento, então essa ajuda da FASB vem em boa hora. Fui bem atendido, esclareci as dúvidas e saí da Unidade de Serviços com o Imposto de Renda finalizado”. Quem também aproveitou a oportunidade foi a aposentada Maria Luísa. “Ouvi pela rádio e logo comecei a procurar o endereço. Cheguei quase no final, mas deu tempo. Fui muito bem atendida pela equipe da FASB. O valor que a gente economiza na declaração já cobre uma despesa com remédios. Agora vou indicar o serviço para o meu filho, na próxima data ele estará aqui para declarar”, prometeu.

Notícias Relacionadas