Situação caótica da TO-110 revolta motoristas

Motoristas que passam pela região sudeste do Tocantins estão revoltados com a situação da TO-110, uma das principais rodovias da região. No trecho entre Dianópolis a Ponte Alta do Bom Jesus há verdadeiras crateras e em algumas partes restou apenas uma faixa de asfalto no meio da pista.

“É uma vergonha para o nosso estado, os impostos que nós pagamos. Tem buraco que dá pra criar peixe”, se irrita Odés Gonçalves.

Quem passa pela região com frequência já cansou dos prejuízos causados pela falta da infraestrutura. “Dá muito prejuízo, quebra caminhão, motorista cansa”, diz o pecuarista Edivaldo Alves.

Em alguns trechos é preciso fazer fila e esperar, porque apenas um dos sentidos é transitável. A situação se repete na TO-050, entre Porto Nacional e Silvanópolis, na região central do estado.

A Agência Tocantinense de Obras (Ageto) afirma que o contrato de restauração e manutenção de rodovias vai reconstruir 214 km da TO-110 e que a obra já começou.