“Estou 100% bem”, diz Compadre Washington

Um dia após ter recebido alta médica, o cantor Compadre Washington, do grupo É o Tchan, nesta sexta-feira (24), disse já estar totalmente recuperado da agressão que sofreu durante um assalto em São Paulo.

No vídeo, ele aparece com uma cicatriz e um “galo” na cabeça, usando óculos escuros. O cantor voltou para Salvador, onde mora, na quinta-feira (23).

“Só se vê na Bahia. Estou aqui em Salvador já, para dizer que estou 100% bem. E, em breve, estarei mais 100% ainda, porque estarei aí junto com vocês fazendo um programa e falando de tudo, falando dos 25 anos do Tchan, que eu não sou otário. Estou bem, graças a Deus”, destacou.

Compadre teve alta do Hospital das Clínicas de São Paulo na quinta-feira (23). Ele estava internado desde a noite de domingo (19) se recuperando da agressão, sofrida após show na Virada Cultural.

O crime foi registrado por câmeras de segurança. No vídeo (veja abaixo), o vocalista do É o Tchan aparece saindo de uma lanchonete acompanhado de duas pessoas quando um assaltante contorna uma banca de jornais. Mais criminosos aparecem para cercar as vítimas e um casal bloqueia a frente.

Na discussão, Compadre Washington leva um soco e um pontapé, cai com o rosto no chão e bate a cabeça. O ladrão, que usa uma mochila nas costas, fugiu com o celular dele. Os outros assaltantes correram em seguida.

Notícias Relacionadas