GRATIDÃO, por Mário Machado

Em tudo daí graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.

1 Tessalonicenses 5:18

Sexta, 12/04/19, internado na UPA/LEM, por volta das 14hs, comecei a sentir um estufar do peito e costas como que acometido por gases. Pedi Luftal, ou seu princípio ativo, dimeticona. Não recebi e nem consegui que um médico autorizasse. Respeito esta última parte pois a UPA estava cheia, como de costume.

O mal-estar prosseguiu.

As 16hs me dei ao luxo de fumar um cigarro no estacionamento. Ao retornar à enfermaria a dor anterior se ampliou como que os gases quisessem me explodir de dentro p fora. Desabei em uma cadeira no corredor chamei uma enfermeira e aos berros e chorando fui levado para a sala vermelha.

Não eram gases. Eu estava enfartando. 56 anos e sem histórico familiar estava tendo um ataque cardíaco.

Segundo o médico em uma escala de 1 a 10 p o óbito eu atingi 9

Fui salvo pelo Dr Neudson e equipe.

Não vi nenhuma daquelas cenas descritas em filmes, tipo tuneis, meus antepassados, apenas fiquei completamente apavorado. Mais de duas horas de atendimento. Por fim o sucesso e uma nova chance abençoada por Deus.

Relato de quem sobreviveu e agora pode agradecer: Primeiro a Deus (fonte inesgotável da minha vida); em seguida a Enfermeira Isabel e ao Enfermeiro Antônio que de pronto me socorreram; ao Enfermeiro Marcos que não desgrudou um minuto do meu lado; ao Dr Neudson de Oliveira Gomes e sua equipe que, graças a Deus, não desistiram de mim um só minuto; ao Dr João Lucas (Diretor da UPA) pela atenção e cuidados dispensados (seja pela pneumonia ou pelo infarto); a enfermeira Rubia, balsamo nos dias de internação, e a todos os funcionários da UPA que foram espetaculares em me atender com carinho e atenção.

Passado o susto, fui a Salvador fazer o cateterismo e para tanto precisava de um acompanhante. Não consegui. Deus mandou um anjo, seu nome Leila. Ela me acompanhou em todos os momentos, tornando-se muito mais que uma acompanhante, um verdadeiro alento para este momento difícil.

A todos vocês que direta ou indiretamente me ajudaram e continuam ajudando nesta travessia louca e insana de minha vida, pois as surpresas não param, meu muito, muitíssimo OBRIGADO de coração, rogo a Deus as suas bênçãos para vida de todos vocês.

Tu, que me tens feito ver muitos males e angústias, me darás ainda a vida, e me tirarás dos abismos da terra.

Aumentarás a minha grandeza, e de novo me consolarás. Salmos 71:20,21

Por Mário Machado

Notícias Relacionadas