Correntistas do BB podem pagar IPTU através de plataformas digitais em LEM

Uma parceria entre o Governo de Luís Eduardo Magalhães e o Banco do Brasil está facilitando a vida do contribuinte que precisa pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e é correntista da instituição financeira. Os clientes já podem pagar o IPTU sem a necessidade de boleto ou qualquer documento e o valor é debitado em conta corrente.

Para o prefeito Oziel Oliveira, uma facilidade a mais para as pessoas que precisam regularizar a situação junto ao município. “Quem se enquadrar nesse perfil não precisa mais esperar a chegada do carnê em casa e nem se dirigir ao setor de tributos para solicitar o documento. Uma nova situação que além de facilitar a vida do contribuinte, auxilia o município na realização de obras tão importantes para a sociedade”, comentou.

Os contribuintes de Luís Eduardo Magalhães ainda podem parcelar o pagamento do exercício 2019 do IPTU. Quem ainda não começou a pagar o imposto pode quitar à vista. Quem preferir, tem a opção de pagar as duas parcelas vencidas e parcelar o restante em até seis vezes.

O IPTU é um imposto anual e o valor arrecadado é aplicado em obras de infraestrutura, saúde, educação e segurança. O pagamento é obrigatório e quem não quitar a dívida pode ser incluído na dívida ativa do município, além de ser inscrito em órgãos de proteção ao crédito, como SPC e SERASA.  Quem desejar outras informações deve se dirigir ao setor de Tributos da prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, que fica na rua José Ramos de Anchieta, bairro Jardim Primavera, no prédio do antigo Supermercado Hortifruti.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *