Estudantes das escolas municipais participam do simulado do Saeb 2019 em Barreiras

A Secretaria de Educação, Cultura, e Esporte e Lazer de Barreiras aplicou nestas terça e quarta-feira, 16 e 17, os simulados da prova do Saeb para mais de 5 mil alunos. A partir de agora, a Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA) e a Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc, também conhecida como Prova Brasil) deixam de existir com essa nomenclatura e todas as avaliações externas serão identificadas como Saeb, desenvolvidas pelo Ministério da Educação (MEC) e aplicadas em escolas públicas de todo o Brasil, com objetivo de fazer um diagnóstico da educação básica no país.

Essa é a quinta edição do simulado da rede municipal de ensino de Barreiras, que também será aplicado nas escolas do campo, de 18 a 26 de julho. Participaram em dois dias de simulados as turmas de 2º ano que responderam 40 questões de múltipla escolha e três de escrita, os alunos do 5º ano responderam 44 questões e do 9º ano responderam 52 questões de múltipla escolha com abordagem nos assuntos de língua portuguesa, com foco em leitura, e matemática, referentes à resolução de problemas.

Esse acompanhamento faz parte de um cronograma pedagógico, elaborado pela Prefeitura de Barreiras por meio da Secretaria Municipal de Educação, voltado à preparação dos estudantes para Prova Saeb, que será realizada em outubro de 2019. O exame tem o objetivo de preparar os estudantes para avaliações complexas que necessitam de habilidades e competências, principalmente nas disciplinas de língua portuguesa e matemática, para estudantes do ensino fundamental.

“Estas mudanças estão dentro do compasso da avaliação educacional com a implementação da BNCC. Estamos acompanhando passo a passo o desenvolvimento dos nossos estudantes, e é muito importante esse processo de conscientização sobre a avaliação, que farão no fim do ano. Esse simulado também ajudará as escolas a sinalizarem os indicadores que precisam melhorar e o trabalho feito em sala de aula com os descritores da Prova Saeb. Enfim, a avaliação nos ajuda a visualizar de forma real como os nossos estudantes estão e o quanto a escola pode melhorar”, enfatizou a secretária de educação, Cátia Alencar.

Avaliação

Teve estudante que tirou de letra e disse que o simulado não estava tão difícil quanto imaginava. Esse foi o caso de Lorena da Silva, 10 anos, do 5º ano, que enfatizou que estava muito tranquila durante a avaliação. “Eu achei a prova fácil e leve. Até consegui fazer a prova tranquila e acredito que me saí bem”, destacou.

Depois do período de avaliação a equipe pedagógica da Secretaria Municipal de Educação fará uma análise minuciosa a partir dos resultados de cada escola e estudante, e em seguida dará uma devolutiva para as unidades, sinalizando, por exemplo, determinados conteúdos que precisam ser mais trabalhados em sala de aula.

Notícias Relacionadas