Corpo de Ruth de Souza é velado no Theatro Municipal do Rio

O corpo da atriz Ruth de Souza começou a ser velado às 8h desta segunda-feira (29) no Theatro Municipal, no Centro do Rio. A cerimônia de despedida será fechada para os familiares até as 10h, quando o espaço será aberto ao público, até as 12h. O enterro será no Cemitério São João Batista, à tarde.

No Municipal, Ruth foi a primeira atriz negra a se apresentar em 8 de maio de 1945. Com a companhia Teatro Experimental do Negro, fundada por Abdias Nascimento e Agnaldo Camargo, atuou em “O Imperador Jones”, de Eugene O’Neil.

Ruth de Souza, de 98 anos, morreu neste domingo (28) após ficar internada por uma semana no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Copa D’Or, em Copacabana, na Zona Sul do Rio. Ela deu entrada na unidade hospitalar para cuidar de uma pneumonia. A causa da morte não foi divulgada.

Com mais de 70 anos dedicados à dramaturgia, Ruth de Souza é ícone de várias gerações de atores. Ela foi também a primeira brasileira indicada a um prêmio internacional de cinema – no Festival de Veneza de 1954.

Notícias Relacionadas