Morre uma das referências do jornalismo esportivo do Brasil

O jornalista Sérgio Noronha morreu nesta sexta-feira (24) no Rio, aos 87 anos. Comentarista com passagens pelas emissoras TV Globo, SporTV e Band e também pela Rádio Globo, Tupi e Jornal do Brasil, entre outros veículos, ele estava internado no Hospital Rio Laranjeiras, na Zona Sul, onde sofreu uma parada cardíaca. Noronha sofria do Mal de Alzheimer desde 2015. Ainda não há informações sobre o velório e enterro.

Noronha teve uma pneumonia no Retiro dos Artistas, onde vivia, e ficou internado sete dias no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do hospital. Na última quinta-feira, ele foi transferido para o quarto, mas se sentiu mal. Às 18h05 desta sexta-feira, o Retiro dos Artistas informou que tinha sido avisado sobre a morte e que um representante da instituição estava a caminho do hospital.

O ex-comentarista foi levado ao Retiro dos Artistas pelo ex-árbitro de futebol e amigo Arnaldo Cezar Coelho, que solicitou ajuda ao ator e presidente da instituição, Stepan Nercessian. O ex-comentarista não contava com nenhum familiar próximo.