Aviões da FAB já foram eviados para resgatar brasileiros na China

Dois aviões da FAB (Força Aérea Brasileira) partiram por volta das 12h20 desta quarta-feira (5) da Base Aérea de Brasília com destino a Wuhan, na China, para resgatar brasileiros na cidade, que está isolada. O local é o epicentro do surto mundial de coronavírus, considerado emergência sanitária pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

As aeronaves devem chegar à China na sexta-feira (7). Lá, buscarão um grupo de ao menos 34 brasileiros e familiares deles, incluindo sete crianças. Como a cidade está em quarentena, foi necessário obter autorização do governo chinês para retirar os brasileiros de lá — a expectativa da FAB é que em uma hora no máximo, após o pouso, os brasileiros estejam embarcados.

Cada avião levará uma equipe de sete médicos — seis deles militares do Instituto de Medicina Aeroespacial da FAB e um do Ministério da Saúde. Os resgatados de Wuhan voltarão de máscara como precaução, segundo o governo.

Eles farão escala em Fortaleza (CE) e em Las Palmas, nas ilhas Canárias, território da Espanha no oceano Atlântico. De lá, seguirão para Varsóvia, na Polônia, e Urumqi, na China. A tripulação deve chegar a Wuhan na sexta-feira (7) e estar de volta ao Brasil na madrugada de sábado. Os aviões contam com 30 lugares cada um.

Quer mais notícias, clique AQUI: www.maisoeste.com.br