Coronavírus já representa um impacto forte nos artistas de Barreiras

Coordenador do Grupo de Ação Parlamentar Pró-Música, o compositor, organista e mestre em música e educação Felipe Radicetti diz que as medidas tomadas de isolamento domiciliar para o controle da disseminação do Convid-19 “são absolutamente necessárias”, mas vê ameaçada a atividade profissional de toda a cadeia produtiva da cultura.

Com essa nota quero destacar o chamado ‘músico da noite’, aquele profissional que atua em bares e restaurantes. Esse tipo de artista ganha um montante que corresponde a uma fração do couvert artístico e depende de cada dia de trabalho para sobreviver. Ele não tem lastro financeiro para suportar um longo período sem trabalho e é bem diferente do músico que tem visibilidade pública.

Todavia, aqui em nossa cidade de Barreiras já estamos tendo o impacto para todos os extratos de músicos. Os shows foram adiados e cancelados”. Algumas açōes que poderão ser feitas para minimizar o problema:

*A realização de shows transmitidos pela internet. Os shows são inteiramente gratuitos. O artista se mobiliza para ofertar um serviço à sociedade, dedicando o seu trabalho por uma ação cidadã, solidária.

* Outra ação é apoio financeiro ao ISFAC para suprir essa necessidade aos músicos, com toda transparência possível.

Não podemos silenciar a cultura mesmo que seja temporariamente.

A música não pode parar!

O Instituto São Francisco De Arte e Cultura – ISFAC e com apoio dos coordenadores de música de Barreiras vem por meio dessa nota pedir esse apoio a todos os nossos músicos. (Aqueles que vivem exclusivamente da noite.)

Educadora musical
Pres. Do ISFAC
Tatiane Berbert

Pres. Do Clube ABCD
Mário Sérgio

Subdiretor
Da Escola municipal de Música Antoninho Sampaio
Eudes Rocha

Contatos:
Tatiane-77.98138.8433
Mário Sérgio-99100.0331
Eudes – 981150613

Quer mais notícias, clique AQUI: www.maisoeste.com.br