Morre o sambista baiano Riachão, autor de “Cada macaco no seu galho”

Na madrugada desta segunda-feira (30), morreu em Salvador, aos 98 anos, o sambista baiano Clementino Rodrigues, conhecido como “Riachão”. Autor de clássicos como “Cada Macaco no seu Galho” e “Vá Morar com o Diabo”, o sambista dizia ter mais de 500 composições com músicas gravadas por Jackson do Pandeiro, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Gal Costa e Cássia Eller, entre outros nomes.

Riachão nasceu em Salvador e cresceu no Bairro Garcia. Começou a cantar aos 9 anos e fez a primeira composição aos 12. Pela irreverência malandra da obra e pela vitalidade do artista, o sambista resistia como uma das mais perfeitas traduções do buliçoso samba da Bahia.

Ainda não se sabe a causa da morte.

Quer mais notícias, clique AQUI: www.maisoeste.com.br