Operação Fake News em LEM prende uma pessoa e blogueiro emite nota sobre o caso

A fake news é uma das maiores pragas dos tempos modernos, pessoas tentam difamar outras e prejudicar atendendo objetivos escusos. O Site Mais Oeste é contra e tem uma campanha permanente para ajudar a coibir essa prática das fake news.

Nesta quarta-feira (17), a Polícia Civil da Bahia cumpriu mandado de busca, apreensão e condução coercitiva na casa do fotógrafo Matheus Loiola, funcionário do jornalista Sigi Vilares, na cidade de Luís Eduardo Magalhães.

Não houve resistência e Matheus foi levado à delegacia para prestar depoimento. Foram apreendidos notebook, celular e HD externo, que serão periciados. Ele é investigado pelos crimes de calúnia, difamação, falsidade ideológica e associação criminosa, por supostamente integrar um esquema de produção de perfis falsos nas redes sociais.

As suspeitas são a de que Matheus seria o produtor de publicações difamatórias nas páginas Luiseduardoonline, no Facebook e Instagram, criadas há três anos, além de evidências de que ele fabricava perfis falsos para atacar adversários políticos da família Vilares.

“Matheus confirmou que é proprietário do site, mas não revelou quem está por trás, financiando o esquema”, afirma o delegado Rivaldo Luz, que conduz a investigação. Ainda segundo ele, a depender do conteúdo do depoimento, outras pessoas podem ser ouvidas para prestar esclarecimentos.

O blogueiro Sigi Vilares disse ao Site Mais Oeste que a pessoa citada na matéria faz trabalhos terceirizados para ele no blog. Sigi desconhece o que ele faz nas horas vagas e qualquer atividade ligada a fake news que ele faça e muito menos algum trabalho ligado a alguém da sua família.

Confira na íntegra a nota de Sigi Vilares

Sigi Vilares: Ataque à imprensa e a minha família

Hoje Luís Eduardo Magalhães acordou menos democrática. Com claros fins políticos, fomos surpreendidos com a notícia da condução para a delegacia de policia de Matheus Loiola, nosso produtor da TV Sigi. O crime dele? Trabalhar comigo, acreditando que a liberdade de imprensa existe.

Mas essa tentativa de calar a imprensa livre, e não patrocinada por esta gestão que aí está, apenas nos deu força para continuar lutando contra essa política velha e cheia de vícios, que nada interessa à população.

Eis aí a dor dessa gente que hoje ainda administra a nossa cidade; nós somos a voz de uma população a qual fazemos questão de informar sobre todas as mazelas produzidas por esta administração retrógrada.

Ao tentarem atingir a minha família, atentaram contra um vereador eleito democraticamente, contra um conceituado radialista e contra o grupo de notícias mais respeitado de nossa cidade. Eles atentaram contra a liberdade de imprensa.

Falando em meu nome, e em nome dos meus irmãos Naldo Vilares e Nei Vilares; eu repudio a ação deste ataque à imprensa.

Ao tentarem atingir a Família Vilares eles atingiram diretamente o Matheus Loiola; um jovem cristão honrado que aos 25 anos de idade já trabalha para cuidar da sua família.

Sigi Vilares
Blog do Sigi Vilares

Quer mais notícias, clique AQUI: www.maisoeste.com.br

There are 1 comments

Comments are closed.