Coisas que nunca te falaram sobre dores nas costas: Mitos e Verdades, por Katianne Dias

Nossa vida é cíclica, o mundo está em constante evolução, e as palavras e expressões acompanham essa dinâmica. Anualmente milhares de novos termos e significados são criados pelo uso informal da linguagem. Exemplos comuns dessas inovações são “deletar” (sinônimo de apagar) ou “tweetar” (correspondente a postar mensagem no tweet). Em tempos de pandemia provocada pelo coronavírus surgiu a expressão “novo normal”, utilizada para definir a realidade e os novos hábitos que nos foram impostos pela necessidade de isolamento social.

E o “novo normal” da quarentena foi um estilo de vida diferente, mais sedentário, trabalho em home Office, realização de atividades domésticas, tarefas que nosso corpo não estava acostumado a desempenhar. Um dos reflexos dessas alterações abruptas são as dores nas costas, que aumentaram sobremaneira após o início do distanciamento social, e que eu tenho vivenciado todos os dias em meu consultório com o aumento vertiginoso do número de pessoas que me procuram com dores nas costas.

Vamos então remover alguns mitos sobre os problemas na coluna.

1. Repouso é indicado para dor lombar: MITO

Desde 1986 (século passado) existem evidências de que o repouso não é benéfico para a dor lombar. O fato de uma pessoa ficar em repouso em virtude de problema na coluna tende a aumentar o nível de dor, provocar incapacidade física e dificultar a recuperação. Os principais estudos para tratamento da dor lombar recomendam que os indivíduos permaneçam realizando suas atividades normalmente. Ficar em repouso é indicado para os casos de dor extrema e, no máximo, 03 (três) dias. Portanto, ficar em repouso é menos efetivo que permanecer ativo.

2. Musculação é bom para coluna: VERDADE

Exercícios de fortalecimento são fundamentais no tratamento e prevenção de patologias da coluna. Esclarecendo que as atividades físicas precisam ser orientadas por profissional habilitado e , de acordo com o problema que a pessoa apresente na coluna, alguns exercícios devem ser evitados ou até mesmo contra indicados.

3. Dormir em colchão duro é bom para a coluna: MITO

Não existe uma regra sobre os colchões. Cada corpo se adapta melhor a um tipo de colchão. Na realidade, colchão bom é aquele em que dormimos e acordamos descansados e sem dor. Mas, em geral, é recomendado um colchão que não seja nem muito duro e nem muito macio, com uma densidade que se adapte ao peso corporal, mantendo-se as curvaturas da coluna o mais próximo possível de sua anatomia.

4. Minha coluna dói porque está “fora do lugar”: MITO

A coluna não sai do lugar. Muitas vezes essa expressão é utilizada porque algumas pessoas apresentam uma melhora rápida em suas dores após serem submetidas a tratamentos de manipulação, em que se ouvem estalos, causando a impressão de que a coluna foi “recolocada no lugar”. Esses estalos provocados na coluna são simplesmente resultado da liberação de gases que ficam retidos dentro das articulações e, ao manipularmos as vértebras, os gases são liberados rapidamente, emitindo sons. Em tais modalidades de tratamento a melhora dos sintomas é rápida, pois as manipulações promovem relaxamento dos músculos. Portanto, não acreditem quando um profissional disser que “colocou sua coluna no lugar”.

5. Hérnia de disco só cura com através de cirurgia: MITO

Esse é um dos maiores mitos que existem. Um estudo recente mostra que de cada 10 cirurgias realizadas para hérnia de disco, 08 foram desnecessárias, ou seja, em 80% dos casos as cirurgias são contra indicadas. A hérnia de disco é uma das patologias mais comuns que acometem a coluna vertebral. A maioria das hérnias de disco são reabsorvidas naturalmente pelo corpo. Outra grande parte é tratada completamente por métodos conservadores como, por exemplo, a Osteopatia e o método Mckenzie. Apenas um pequeno percentual de casos que não melhoram sozinhos ou através de tratamentos conservadores precisam de cirurgia.

*Katianne Dias
Fisioterapeuta, Osteopatia, Mckenzie – Especialista em coluna.

Quer mais notícias, clique AQUI: www.maisoeste.com.br

There are 4 comments

  1. Avatar

    Excelente.
    Realmente tinha coisas relacionadas a coluna que eu acreditava que eram de outra forma.
    Muito esclarecedor.
    Gostei das informações
    Parabéns

    Reply
  2. Avatar
    Elci Gomes de Souza Silva |

    Excelente esclarecimento. Por isso sinto menos dores em meu corpo é me sinto mais ativa em tudo depois que passei a fazer o tratamento da ATM com vc. Parabéns .

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *