Apoiadores de Bolsonaro fazem manifestação em Barreiras

Foto//Mais Oeste

Nesta quarta-feira (31), apoiadores do presidente Jair Bolsonaro realizam uma manifestação na frente da Câmara de Vereadores de Barreiras para cobrar os governadores que têm determinado medidas mais duras de isolamento social em meio ao recrudescimento da pandemia de covid-19.

A manifestação acontece no dia em que a intervenção militar de 1964 que completa 57 anos, mas os apoiadores não pediram uma nova intervenção militar e não estão indo contra as instituições, declarou um dos manifestantes. Eles protestaram contra o governo Rui Costa e repudiaram o incidente que vitimou o policial morto no Farol da Barra, em Salvador.

A manifestação ocorre no momento de crise militar com a substituição dos quatro ministros da área por Bolsonaro. Na segunda-feira (29), o presidente demitiu o ministro da Defesa, general Fernando de Azevedo e Silva, e logo depois os três ministros do Exército, Edson Pujol; da Marinha, Ilques Barbosa; e da Aeronáutica, Antônio Carlos Bermudez entregaram os cargos em protesto contra a demissão.

Bolsonaro teria demitido o ministro por causa da resistência do titular da Defesa em apoiar politicamente o governo no momento em que o presidente pressiona estados e municípios contra a medidas de contenção à Covid-19.

Quer mais notícias, clique aqui: www.maisoeste.com.br

There are 1 comments

  1. Avatar

    Corrigindo:
    1 -64 não foi golpe militar, foi regime militar para garantir a lei e a ordem.
    2- Governo Bolsonaro não está em Crise pq trocou os comandos das forças armadas. Está mais forte do que nunca.
    Vcs são comunistas?

Comments are closed.