Polícia Militar da Bahia lança campanha contra o racismo no Dia da Consciência Negra

Foto//Reprodução

Em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro, e que neste ano completa 50 anos, a Polícia Militar da Bahia iniciou campanha para marcar a data que é fundamental para evidenciar as desigualdades e a violência contra a população negra na nossa sociedade. Para além do movimento festivo, a data promove ainda a reflexão sobre o racismo e suas implicações na atualidade.

Entre as ações programadas de Comunicação Organizacional para a divulgação do Dia Nacional da Consciência Negra, o Departamento de Comunicação Social (DCS) preparou um spot publicitário para ser veiculado nos alto-falantes das viaturas.

A Campanha também é um importante instrumento de aproximação com a Comunidade e de fortalecimento da imagem institucional, sobretudo no crescimento da credibilidade e do espírito de confiança de toda a população, no trabalho profícuo de segurança pública, ratificando, com tudo isto, as nobres marcas da Polícia Militar da Bahia e do Governo do Estado.

O novo spot publicitário deverá ser divulgado, entre os dias 20 e 30/11/2021, pelas guarnições de serviço quando em ronda ostensiva nas comunidades policiadas através dos alto-falantes das viaturas PM. Na prática, o policial militar executará o áudio através de um aparelho de apoio, a exemplo de celulares, próximo ao microfone do equipamento de transmissão, que deverá estar acionado para a divulgação externa da citada mensagem.

“Atenção população. Você já ouviu falar em racismo estrutural? É um conjunto de práticas enraizadas na sociedade, que naturalizam a desigualdade entre brancos, negros e outros grupos étnicos. Acabar com o racismo estrutural depende de mim, depende de você, depende de nós, de pessoas negras e de pessoas não negras. Aprenda sobre o assunto, ensine a quem puder… E denuncie sempre!”, diz a mensagem.

*ASCOM

Quer mais notícias, clique aqui: www.maisoeste.com.br