Visitas em unidades prisionais e de saúde da Bahia vão exigir comprovante de vacinação

Foto//Reprodução

A partir de 1º de dezembro, a visitação social às unidades de saúde e às unidades prisionais da Bahia vão exigir a comprovação da vacinação contra Covid-19. Além disso, os atendimentos presenciais no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e no Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) também serão exclusivos para quem comprovar a vacinação contra a Covid-19.

A medida será publicada em decreto no Diário Oficial do Estado neste sábado (20). Será preciso a apresentação do documento fornecido no momento da imunização ou do Certificado Covid, obtido por meio do aplicativo ‘Conecte SUS’, do Ministério da Saúde.

Além disso, o decreto que será publicado neste sábado mantém autorizados, até o dia 30 de novembro, os eventos e as atividades com até 3 mil pessoas, incluindo os com venda de ingressos.

Também permanece obrigatória a comprovação da imunização contra a Covid-19 por todos os envolvidos nos eventos: artistas, público, equipe técnica e colaboradores. O decreto ainda afirma que é preciso respeitar os protocolos sanitários, especialmente o distanciamento social e o uso de máscaras.

A presença de torcedores em eventos esportivos segue liberada, desde que não ultrapasse 70% da capacidade dos equipamentos esportivos. Os torcedores também precisam comprovar que tomaram duas doses da vacina contra Covid-19 ou a dose única.

*G1

Quer mais notícias, clique aqui: www.maisoeste.com.br