Fundação Abrinq debate sobre Proteção do Aleitamento Materno em encontro com Médicos, Enfermeiros e Agentes Comunitários de Saúde, em Barreiras

Foto//Dircom

Fechando mais um ciclo de formação junto à Secretaria de Saúde de Barreiras, nesta quarta e quinta-feira (11 e 12), a equipe da Fundação Abrinq realizou mais um encontro com a temática voltada para a proteção do aleitamento materno, inserido no Programa Mortalidade Zero. O encontro reuniu médicos, enfermeiros e agentes comunitários do município, que ao longo de sete meses, também participaram de diversas atividades e ações que integram o planejamento estratégico de 2022 na busca pela redução dos índices de mortalidade infantil.

Conforme a apoiadora institucional da Atenção Primária de Saúde, Fernanda Delgado, desde junho de 2021, quando a Prefeitura firmou um termo de cooperação técnica junto a Fundação Abrinq, os profissionais da rede têm compreendido melhor sobre as técnicas desenvolvidas nos diversos equipamentos da saúde municipal. “Foram encontros importantíssimos, encerramos hoje esse ciclo de debates e já estamos tendo resultados positivos, como por exemplo, a retomada da realização das salas de espera com as gestantes onde são feitas dinâmicas e rodas de conversa incentivando junto com a família a importância do leite materno, do parto normal e o cuidado com a criança”, pontuou.

Para o resultado positivo das técnicas e ações apresentadas pela Abrinq, a Secretaria de Saúde disponibilizou dados epidemiológicos como número de nascidos vivos, também óbitos infantis, gestantes atendidas na rede de proteção, bem como dados de doação de leite materno. Conforme a assistente técnica do Programa Mortalidade Zero, Ana Patrícia, o Curso: Sobrevivência infantil e melhora da saúde materna, teve como objetivo geral em todas as formações, de capacitar os profissionais para a melhora na qualidade do atendimento no pré-natal, abordando a temática da assistência, risco habitual e alto risco, principalmente com o trabalho humanizado.

“Sabemos desse cuidado que esses profissionais têm com o atendimento ao público específico, e com os encontros foi possível se atualizarem e qualificarem com essas temáticas voltadas para o aleitamento materno. Finalizamos hoje os encontros do curso trabalhando mais uma vez o fortalecimento da proteção do aleitamento materno. Para a sociedade esses encontros são de grande relevância, uma vez que melhorando a saúde materna infantil repercute em toda sociedade, diminuindo as intercorrências durante a gestação, trazendo benefícios na redução da maternidade infantil, que é um dos nossos principais objetivos”, destacou Ana Patrícia.

Ao final do encontro foi feita uma homenagem aos profissionais enfermeiros presentes pela comemoração da Semana da Enfermagem, bem como entrega de brindes às cinco enfermeiras que mais realizaram coletas do exame Papanicolau, no mês de abril na rede da Atenção Primário de Saúde.

Dircom

Quer mais notícias, clique aqui: www.maisoeste.com.br