Atualização sobre as mortes de pessoas após ingestão de líquido confundido com cachaça

Foto//Reprodução

O caso aconteceu na última sexta-feira (20), três pessoas morreram e cinco foram levadas para o hospital após ingerir um líquido que acreditavam ser cachaça, em São Félix do Coribe, na região oeste do estado.

As vítimas foram intoxicadas dentro de um ônibus em uma fazenda, quando aguardavam o pagamento pelos serviços prestados no local. Ao beber o líquido, as pessoas começaram a passar mal ainda no veículo. Algumas vítimas tiveram convulsões e a situação causou desespero nos demais trabalhadores.

A Polícia Civil ainda não descobriu do que se trata o líquido ingerido pelos trabalhadores. O homem que ofereceu a bebida às vítimas já prestou depoimento. A polícia não deu detalhes sobre as informações fornecidas por ele. O caso segue sob investigação da polícia, que faz a perícia para identificar o líquido que intoxicou os trabalhadores. Até o momento ninguém foi preso.

Vítimas internada

Dois dos três trabalhadores internados por intoxicação foram extubados na segunda-feira (23). Soniele Alves da Silva, 18 anos, foi retirada da ventilação mecânica pela manhã e Anderson Santos das Neves, 30 anos, no começo da tarde.

Com isso, apenas Carina Cátia Santos, 41 anos, permanece intubada. Todos estão internados no Hospital da cidade de Barra. Outras duas pessoas já tiveram alta.

Quer mais notícias, clique aqui: www.maisoeste.com.br