Terceiro caso de varíola dos macacos é confirmado na capital baiana

Nesta quarta-feira (20), a Secretaria de Saúde de Salvador (SMS) confirmou o terceiro caso de varíola dos macacos na capital baiana. O paciente tem 31 anos e mora em Salvador. Os sintomas foram iniciados em 13 de julho deste ano. Antes desse caso, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) já tinha confirmado dois casos da doença na capital baiana.

Segundo informações da SMS, o paciente apresentou febre de início súbito, dor lombar, erupção cutânea e dor de cabeça. Ele não precisou de hospitalização e segue em isolamento com boa evolução em domicílio.

A Monkeypox se assemelha à varíola humana, que foi erradicada em 1980. Os principais sintomas da doença são febre, dores de cabeça, musculares e nas costas, adenomegalia, calafrios e exaustão. A infecção é autolimitada com sintomas que duram de 2 a 4 semanas, geralmente dividida em dois períodos:

  • Invasão, que dura entre 0 e 5 dias, com febre, cefaleia, mialgia, dor das costas e astenia intensa;
  • Erupção cutânea começa entre 1 e 3 dias após o aparecimento da febre. A erupção tem características clínicas semelhantes com varicela ou sífilis, com diferença na evolução uniforme das lesões.

Quer mais notícias, clique aqui: www.maisoeste.com.br