Histórias de um plantão policial – A confissão de um estuprador – por Arnaldo Monte

ARNALDO MONTEEis um relatório policial que obtive, através de estratégias policiais, êxito no procedimento de flagrante de um estuprador, que poderia ter ficado sem autoria.
No último dia 28/05/2016 às 02:30h foi apresentado presa a pessoa de JAMERSON JOSÉ DE SOUZA que juntamente com “ROGÉRIO” foram acusados de roubar um veículo pertencente a uma Vítima… a qual estava acompanhada pela sua amiga e também Vítima…Levaram as duas até a ponte do Rio Branco na BR 135 e lá o “ROGÉRIO” estuprou a Vítima…Relacionado a esse fato ainda foi registrada outra a Ocorrência (essa no meu plantão) às 23:50h informando a prisão em flagrante delito de PAULO HENRIQUE SOUZA DE OLIVEIRA por ter roubado uma Vítima. Essa terceira Vítima… é uma “mulher de programa” e ele desistiu após ter feito o pagamento, e roubou essa Vítima. Ocorre que os PM’s desconfiaram que ele poderia ser o ESTUPRADOR e foram até a casa das duas Vítimas do estupro. Elas o reconheceram. Fizemos o AUTO DE RECONHECIMENTO. Quando do Interrogatório do acusado PAULO HENRIQUE SOUZA DE OLIVEIRA, o qual até aquele momento não apresentava documentos. Ao iniciar o interrogatório, ele negou a autoria do estupro, foi então quando lhe falei que já sabíamos de tudo, inclusive do estupro. Percebi que ele tem “conhecimento sobre cadeia”, vez que ele já cumpriu mais de 9 anos de cadeia na PAPUDA em Brasília. O “elogiei” pelo conhecimento que ele tinha, na ideia maior de que ele confessasse o crime de estupro e nos informasse onde estavam os celulares das duas Vítimas… e …Informei sobre os benefícios da Delação Premiada. Ele pediu para ligar para sua mãe em Brasília, para falar com sua esposa e seu filho aqui em Barreiras e eu concordei com ele. Pediu para não ficar no “cadeião” para não ser morto pelos outros presos. Então ele resolveu confessar. Além de tudo o que já sabíamos, ainda nos confessou que veio à Barreiras em um carro roubado por ele em Brasília. Após o interrogatório o levamos onde estava morando e falou com sua esposa e seu filho. Nos indicou onde havia colocado os dois celulares das Vítimas… Nessa diligência foram: Eu (DPC Arnaldo Monte), DPC Francisco (que estava no plantão Regional), IPC’s Leônidas (que estava no plantão normal) e Rosemário (que estava de folga S.I.). Ainda fizemos a Acareação entre o JAMERSON e o PAULO HENRIQUE. Todo o procedimento do flagrante foi encaminhado ao Poder Judiciário e ao MP.
Eis o trabalho da Polícia Civil e Polícia Militar de Barreiras/BA!