Barreiras: Morte na cadeia com mais um recado para justiça

Mais um crime bárbaro aconteceu dentro das paredes do complexo Policial de Barreiras. O assaltante Willian dos Santos Moreira, vulgo “Paulista”,  de 32 anos que já tinha mais de 16 passagens na polícia e era comparsa de outras duas figuras conhecidas ” Misturinha e Ranieri” que também foram mortos, foi encontrado morto com um cobertor em cima do corpo. Com a frase ” Solta juiz”. Segundo o Mais Oeste apurou junto a fontes ligadas a polícia os presos  sempre fazem um voto de silêncio e não revelam porque Paulista teria sido escolhido para mais este ” Aviso” ás autoridades. Em outros crimes que aconteceram no Complexo policial supostos recados também teriam sido enviados para a justiça a exemplo desse.

O que se apurou é que eles reivindicam melhorias na alimentação, visita íntima semanal e não quinzenal e claro a agilidade nos processos que os mantém lá. Como o Mais Oeste já  divulgou, foi aberta hoje 08.05.2017  uma seleção está endo feita para a contratação de profissionais que irão  trabalhar no Centro de Detenção.

Veja o linque da matéria AQUI. Familiares de Paulista, foram hoje no final da manhã e fizeram o reconhecimento do corpo que está ainda sendo necropsiado no IML.

 

Foto: Blog Alô alô Salomão