Os Gênios FASSIM e OLLEM- Por Mário Machado Júnior

O presente texto é uma corruptela da piada original.

O Brasileiro passeava distraído pelas ruas de Brasília quando se deparou com a lâmpada mágica de Michelin ( a de Aladim está em uso em outra piada).Ele esfregou a lâmpada, que nem no original e saíram não um, mas dois gênios: o Gênio Fassim e o Gênio Ollem.

– Você tem direito a três desejos.

– O meu primeiro desejo é que haja justiça neste Brasil

Imediatamente o Gênio OLLEM negou a prisão de uma ave exótica e disse que ela podia voltar para o seu poleiro de trabalho.

– Você tem direito a mais dois desejos.

– O meu segundo desejo é que haja justiça neste Brasil

Imediatamente o Gênio Fassim mandou soltar um conhecido ser que nao trabalha em hotel mas carrega malas, pesadas e ricas, para seu “Chefe”.

– Você tem direito a um terceiro desejo

– Eu quero uma passagem para fora do país.

Em coro os gênios perguntaram: – Mas seu primeiro desejo foi justiça, o segundo foi justiça, por que você não pediu justiça novamente?

-É que eu fiquei com uma enorme vergonha, da justiça que vocês fizeram.

E é assim meu povo, um país que morre de vergonha da justiça que aqui é feita. Sabemos que existe uma diferença clara entre flagrante e ser flagrado. Nos dois casos que nos matam de vergonha ambos foram flagrados com a mão na massa. Um com 500 mil o outro pedindo e recebendo 2 milhões. E ai não se faz justiça.

“Mandato parlamentar é coisa séria e não se mexe, impunemente, em suas prerrogativas.” Marco Aurélio Mello ao justificar a sua decisão

E quem deveria honrar que não honrou? No caso os dois beneficiados, pois ambos foram flagrados no exercício de mandato parlamentar, ou seria PRA LAMENTAR?

Dois pontos: estou aguardando a expedição dos mandados de prisão, partindo do STF, de Sergio Moro, Deltan Dallagnol e demais membros da Lava Jato; em segundo lugar, vou roubar, matar, traficar mas quero ser julgado pelo STF.

Um alento ao cair da noite, após os absurdos do dia, o médico-monstro coitadinho, vai voltar para cadeia, por obra e graça de um Desembargador que, com os olhos de um “Gavião” viu o golpe do bandido. Ainda há esperança?

Vamos deixar o tempo NOVO falar?

Filie-se ao partido NOVO e vamos construir um NOVO BRASIL!

#EM2018EUreNOVO