17 estados ainda não atingiram meta de vacinação contra polio e sarampo

Mais de 10 milhões de crianças entre um e cinco anos de idade foram vacinadas contra o sarampo e a poliomelite na atual campanha de vacinação do governo. Os dados são do Ministério da Saúde, que informou também que 17 estados brasileiros ainda não atingiram a meta vacinal proposta.

O Ministério da Saúde quer vacinar 95% das crianças do país desta faixa etária contra estas doenças. Até a quarta-feira (5), 91,3% do público-alvo já havia sido vacinado.

Em todo o país, já foram aplicadas mais de 20,4 milhões de doses das vacinas (aproximadamente metade de sarampo e a outra metade, de pólio).

A campanha foi prorrogada até o dia 14 de setembro. Até lá, o ministério espera que as 976 mil crianças que ainda faltam recebam a vacina.

O Rio de Janeiro continua com o menor índice de vacinação. Veja abaixo a situação dos estados que ainda não atingiram a meta:

Rio de Janeiro (76% para o sarampo; 74,4% para a pólio)

Roraima (78,6% para o sarampo; 77,8% para a pólio)

Distrito Federal (82,9% para o sarampo; 83,3% para a pólio)

Piauí (83,5% para o sarampo; 83,8% para pólio)

Acre (85,5% para sarampo e pólio)

Bahia (87,9% para o sarampo; 88,5% para pólio)

Rio Grande do Sul (88,5% para sarampo; 89% para pólio)

Amazonas (92% para o sarampo; 89,1% para pólio)

Alagoas (89,6% para sarampo e pólio)

Tocantins (90% para sarampo e pólio)

Rio Grande do Norte (89,8% para o sarampo; 90,4% para pólio)

São Paulo (89,7% para sarampo; 90,6% para pólio)

Pará (86% para sarampo e pólio)

Minas Gerais (91,9% para sarampo; 92,2% para pólio)

Paraná (93% para sarampo; 93,6% para pólio)

Mato Grosso do Sul (93,4% para sarampo; 93,8% para pólio)

Mato Grosso (92,3% para sarampo e pólio)

Todas as crianças entre um e cinco anos devem se vacinar, independentemente da situação vacinal.

O Brasil teve 8 mortes por sarampo em 2018, informou o ministério. Foram 4 mortes em Roraima (3 estrangeiros e um brasileiro) e 4 no Amazonas (todos brasileiros, sendo 2 do município de Manaus e 2 do município de Autazes). Os estados têm surto da doença e juntos já registraram 1533 casos confirmados de sarampo. Até o dia três de setembro, foram 1.579 casos de sarampo confirmados em todo país.

Já em relação à poliomelite trata-se de uma precaução, já que 312 cidades estão abaixo da meta preconizada para o controle da doença. Não há, contudo, casos de paralisia infantil no Brasil.

O país erradicou a poliomielite do território em 1994.