Fique sabendo por que o Comandante Rangel é o candidato de Bolsonaro

Comandante Rangel está radicado em Barreiras a 32 anos e agora é candidato ao senado pela Bahia.  A candidatura como ele mesmo diz caiu em seu colo por sua amizade e identificação pessoal e de projetos com o fenômeno Jair Bolsonaro,  que lidera a disputa eleitoral pela presidência da República.

Muitos podem se perguntar: Como  Rangel que sempre esteve na política mais como articulador e até como secretário municipal de Barreiras no segundo governo de Saulo Pedrosa é hoje uma das pessoas mais próximas de Jair Bolsonaro?

Em conversa com ao Site Mais Oeste, Comandante Rangel abriu seu coração e falou desse momento que o país atravessa e por que aceitou o desafio e o chamado de ser o candidato de Bolsonaro na  Bahia.

No início da conversa o Comandante  Rangel fez questão de destacar o amor que tem pela região Oeste e reconhece que os problemas hoje enfrentados pelos agricultores precisa de uma mão firme no Governo fFderal e de alguém que seja sensível a esses transtornos burocráticos que tanto atrasam a vida dos agricultores e empresários do Brasil. A partir daí ele revelou como começou a sua amizade com Bolsonaro. Era meados de 2016,  quando Rangel em uma de suas viagens a Brasília teve um encontro casual no gabinete de Jair Bolsonaro, ainda um postulante a candidatura a presidência da República, neste encontro uma das conversas foi como o setor aéreo está sendo massacrado e quase inviabilizado pelo sistema, Comandante Rangel é dono de uma fábrica de aviões de pequeno porte com sede em Barreiras, a partir dessa conversa houve uma afinidade imediata pois os dois são apaixonados pela aviação.

Agora   em 2018 o comandante Rangel, que sempre foi filiado ao PSDB se filia-se ao PSL, partido que Bolsonaro escolheu para  concorrer a presidência e por um dos mistérios da vida quis o destino que uma vaga para o Senado fosse cair no colo de Rangel.

 O  Comandante Rangel  estava em Salvador  acertando a candidatura de Tito para uma vaga na Câmara dos Deputados quando uma ligação no meio da tarde chegou e causou surpresa, era Jair Bolsonaro que  antes que Rangel pudesse respirar veio a bomba: “Estou com um problema aí  na Bahia para encontrar um candidato ao Senado”  disse Bolsonaro , Rangel respondeu: “Pode deixar vamos encontrar alguém com perfil certo, me dê duas horas “,  disse Rangel, mas na mesma velocidade de antes o pragmático Bolsonaro foi direto:

“Rangel você não entendeu, o cara é você, eu quero que você seja nosso candidato na Bahia”.

O empresário e articulador político Rangel ainda sem entender direito o chamado tentou desconversar mas não teve jeito, a partir dali entrava em campo o candidato Comandante Rangel, pessoa de confiança de Bolsonaro e que vem fazendo uma campanha sem muito alarde, mas a carreata, diga-se uma das maiores que Barreiras já viu,  promovida por ele e por outros simpatizantes de Bolsonaro mostrou que o ” filho” de Barreiras ou melhor filho da região Oeste é hoje a figura mais próxima de fenômeno Bolsonaro e que vai valer essa sua cidadania Oestina e Baiana nas urnas.