Operação Safra combaterá a criminalidade em 12 municípios do oeste baiano

Começou oficialmente nesta quinta-feira (18) a Operação Safra 2018/2019 no oeste da Bahia. Com o início do plantio na região, se intensifica o tráfego de veículos carregados com defensivos agrícolas e a ação da Polícia Militar da Bahia é para combater a criminalidade com um policiamento ostensivo na zona rural.

Durante a operação, serão utilizados viaturas e helicóptero do Grupamento Aéreo da PMBA (Graer), que fica de prontidão em sua base para decolar e fazer a varredura aérea, caso seja necessário. A Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (AIBA) apoia a operação na parte logística, para que os policiais tenham todo o amparo possível para a realização das ações em campo.

“Estamos adentrando a quinta edição da operação na zona rural, mas também atenderá toda a população em geral com o policiamento extensivo. Antes da operação tínhamos quase sempre assaltos e depois dessa parceria com a Polícia Militar isso diminuiu. Os produtores estão preparados para receber esses policiais, dar alojamento e comida para ajudá-los nas ações nas propriedades”, disse o vice-presidente da AIBA, Luís Pradella.

Sob a cooperação do Comando de Policiamento da Região Oeste (CPRO), a ação envolve ainda a Companhia de Policiamento Especializado (Cipe Cerrado), a 3ª Companhia de Polícia Rodoviária, Rondesp, CIPRV, CIPT, e as 85ª e 86ª CIPMs.

“Já é o quinto ano da operação e esperamos ter os ótimos resultados positivos que tivemos nos outros anos. Sob o comando do Coronel Ozival, em Barreiras e região ficaram os policiais vão coibir os roubos de cargas, de veículos e abordar qualquer indivíduo em atividade suspeita durante esses meses. A comunidade em geral só tem a ganhar com essa operação contra a criminalidade”, disse o Comandante Geral da PMBA, Coronel Anselmo Brandão.

A operação terá duração de seis meses, indo até abril de 2019, e percorrerá mais de mil propriedades rurais em 12 municípios da região Oeste.